Desenvolvedores estão criando um fork do Brave para remover links de afiliados

Desenvolvedores estão criando um fork do Brave para remover links de afiliados

Uma equipe de desenvolvedores resolver criar um fork do navegador Brave. Isso aconteceu depois que o navegador baseado em blockchain redirecionou seus usuários para sites de exchanges de criptomoedas com links afiliados. Assim, esses sites que garantem comissão ao navegador por transação realizada.

Por isso, a iniciativa tem o objetivo de remover links de afiliados e outras ferramentas com fins lucrativos. Portanto, até mesmo o Basic Attention Token (BAT) está incluso nos itens a serem removidos.

Essa bifurcação criará uma versão alternativa do navegador, para a qual os usuários podem optar por mudar.

O anúncio do fork foi feito pela equipe de desenvolvedores apelidada de “Braver Browser”, no Twitter, no dia 6 de junho. Já na segunda-feira, dia 8 de junho, a equipe apresentou uma versão de testes sem os links afiliados.

“A primeira versão de teste do @BraverBrowser foi concluída algumas horas após o fork, removendo a injeção do link de referência do Brave. O lançamento completo removerá todos os adwares: recompensas, Brave Together, papéis de parede de marca, componentes patrocinados, ícone BAT, todas as futuras integrações de anúncios”, twittou a equipe Braver.

Entenda o caso

No início de junho, alguns usuários revelaram que estavam sendo enviados para links afiliados incorporados de exchanges. Algumas das corretoras foram a Binance, Coinbase e Trezor. Isso acontecia sempre que os usuários começavam a digitar o nome da exchange na barra de URL.

Na terça-feira, dia 9 de junho, a equipe Brave emitiu um pedido de desculpas oficial pelo caso do link de referência. Na nota, a equipe disse que a função de preenchimento automático que direcionava os usuários para links afiliados internos seria removida.

Entretanto, a equipe explicou que os links de referências continuarão a existir. Já que quando o usuário digitar a URL, aparecerá a opção de clicar em um dos links de referência. Desta forma, apenas o preenchimento automático será removido.

Leia também: Brave fecha parceria com grupo de k-pop para lançar navegador no Japão

Leia também: Analista afirma que Bitcoin pode ultrapassar os R$ 360.000 em algumas semanas

Leia também: Brave anuncia lançamento de serviço de videoconferência para competir com Zoom

BTC LAST NEWS: Crupto Facil

Leave a Reply